Lavagem Cerebral – Como as seitas funcionam – O arquivo Secreto -curso online

LAVAGEM CAIXA2LAVAGEM CEREBRAL O ARQUIVO SECRETO***

Como salvei meu amigo dos braços pegajosos de uma seita religiosa..

Técnicas de Persuasão e lavagem Cerebral Utilizadas no Público Hoje

Em 1989, quando morava em EUA, liguei para meu primo que "sumiu do mapa" por alguns meses. Eu o finalmente achei morando numa casa em Queens (Nova York) junto com uma dezena de membros adeptos de uma seita religiosa. Eu o convidei em segredo a tomar um cafezinho comigo. E a partir  daquele instante, comecei o processo da des-progrmção cerebral que ele foi subjugdo nos ultimos meses. Eles o fizeram a:

  • Participar em longas palestras
  • Cortar qualquer contato com amigos e parentes
  • Reverenciar o lider a seita
  • Participar em confissões publicos dos seus pecados
  • A comprometer a seguir a linha e as regras da seita
  • Contribuir seu salario (inteiro)  para as cofres de seita
  • Ele foi levado a acreditar que o lider da orgnização (ou seja, da seita) é uma figura fora de comum com poderes mentais supernaturais.
  • De participar em sessões de preparação e defesa da ideologia da orgaização e mais atividades difinidas como  **protocolos secretos** .
  • De acreditar que o mundo inteiro vai atacar a seita e seu modo pacifico de viver e que a unica salvação seria recrutar mais adeptos e se defender contra o "mundo malvado".

Depois de muitos esforços e encontros secretos, uma noite ele pegou sua mala e caiu fora dali. Ele me agradece até os dias de hoje por ter salvado sua vida.

Será que esta historia parece familiar? Você ja conhece alguem que ja passou por isso? Ou voce ja conheça alguma orgização que usa a disfarce de **igreja** para enganar as pessoas a entrar numa seita que seu proposito verdadeiro é tirar dinheiro dos seus adeptos e revernciar o seu lider?

Vendo uma propaganda manipulativa de uma seita religiosa atormenta você?
Se você respondeu com SIM, há um motivo muito bom para isso. A maioria das pessoas se acham imunizados a este tipo de técnicas persuasivas. Elas acham que - Apenas um tolo pode cair nessa....

Engano Seu!! 

De fato, pessoas tão inteligentes quanto você são até mesmo mais sugestivas e suscetíveis a este tipo de manipulação e existem vários motivos para isso, mas vou destacar aqui apenas 2:  

1.)  Ninguém pode controlar o que ele não pode prever então se você não conheça as sugestões plantadas em sua mente, então você não vai conseguir filtrar-las.

2.)  O segundo motivo é porque desejamos a acreditar que somos mais inteligentes para não ser enganados. Este é o motivo porque mais pessoas que se acham “inteligentes” acabam caindo nessa.

É verdade que você é tão suscetível a manipulação como qualquer outra pessoa que esta sendo sugado a uma seita ou ser convencida de dar R$ 2000 para algo.

Então qual é a melhor arma? É desenvolver pensamento critico. quando você esta ciente do que pode ser feito, você fica numa posição privilegiada porque você sabe mais sobre a forma que nossa mente pensa até melhor do que  99.99% da população..... incluindo até pessoas super inteligentes e até psicólogos.

Então enquanto acredito que formas de controle mental funcionam, também acredito em colocar esta informação nas mãos de numero maiores de pessoas.
Se você quer esta informação, OTIMO! se não, há uma multidão de Lobos Males por aí esperando a mastigar esse rebanho de ovelhas e conduzi-las para o abate.

Mas a escolha é sempre sua!

Eu não posso decidir por você. O fato é que agora mesmo, VOCÊ que esta em controle. Espero que você toma a decisão certa.

Sinceramente

Robert Abraham
Será que você esta sendo manipulado agora por uma pessoa ou grupo usando a lavagem cerebral?

Em 1978, 912 homens e mulheres e crianças morreram no suicídio/assassinato do Templo Do Povo, do reverente Jim Jones dando fim aos exercícios práticos anteriores de suicídios.

Em 1996 um grupo de 39 seguidores da seita Heavens gate (potao dos céus), se suicidaram numa casa luxuousa na Califórnia acreditando que a cometa Hales Bopp vai os levaram para céus.

Como pode ser que pessoas inteligentes podem acreditar em um líder confuso que acredita em tanta bobagem? Como é possível que essas pessoas são dispostas a oferecer tudo para a seita que elas seguem? Isso inclui, dando dinheiro, bens, esposa, filhos e até a própria vida? A resposta é através de lavagem cerebral.

Na história inteira da humanidade, ninguém que tenha sofrido a lavagem cerebral admitiu ou acreditou que ele passou pela lavagem cerebral. As pessoas que passaram pela lavagem cerebral geralmente vão apenas defender apaixonadamente seus manipuladores, alegando que esses estão lhe mostraram a luz ou mudaram suas vidas milagrosamente.

Pela primeira vez no Brasil Robert Abraham divulga e desvenda as técnicas secretas de indução em massas usadas pelas seitas religiosas, igrejas, organizações políticas e empresariais. Neste guia chocante você vai aprender como essas entidades conseguem manipular e seduzir até pessoas inteligentes a seguir seus pensamentos loucos.

As seitas prometem a salvação. Ao invés do tédio - metas nobres e arrebatadoras. Ao invés da ansiedade existencial - estrutura e certeza. Ao invés de alienação - comunidade. Ao invés de impotência - solidariedade dirigida por líderes oniscientes

Nesta palestra de 1 hora Robert desmasca vários métodos de lavagem cerebral e indução em massa, e isso até inclue empresas de marketing multi -nivel. O objetivo deste programa é informar você sobre esses métodos perigosos de lavagem cerebral assim você pode se proteger e julgar melhor o que realmente esta acontecendo.

Esta apresentação esta dividida em duas partes;

Parte 1: exemplos de lavagem cerebral, como ela iniciou, e como ela evolui até nossos dias de hoje.

Parte 2: detalhando as técnicas, ferramentas psicológicas e até os aparelhos eletrônicos, técnicas sonoras e visuais usadas para induzir um estado alterado de consciência que permite a lavagem cerebral.

Você vai aprender na pratica como combinar vários elementos psicológicos para induzir lavagem cerebral. Se você se sente que já passou pelos esses processos ou se você se sente que alguém esta tentando manipular você usando essas técnicas, fique experto.

Aprenda:

  • A história da conversão
  • 9 técnicas usadas para converter seguidores
  • Os 3 elementos usadas em todas as seitas
  • Como utilizar o processo da decognição ( tornar a mente incapaz ou indisposta a pensar racionalmente ou construir argumento)
  • Quais alimentos e processos reduzem sua resistência mental
  • Como criar confusão programada
  • Como paralisar os pensamentos dos seguidores
  • Porque seitas precisam um inimigo comum para sustentar seus ideais
  • Técnicas de Persuasão usadas pelas seitas
  • Técnicas de paralisação do lado esquerdo do cérebro
  • A técnica da intercalação verbal
  • Técnicas de comandos implícitos embutidos
  • Técnicas de Programação Subliminar
  • Técnicas de PNL
  • Técnicas sonoras, musicais e áudio visuais que estimular transe e estado de catarse mental

Quando se começa a combinar mensagens subliminares atrás de músicas, mensagens visuais projetadas na tela, efeitos visuais hipnoticamente produzidos, batidas musicais mantidas em um ritmo indutor de transe, técnicas de persuasão, manipulação, PNL e comandos embutidos . . . consegue-se lavagem cerebral extremamente eficiente.

Você realmente acha que pode exercer seu livre arbitro como cidadão honesto?

Agora imagine o poder que um organização, líder carismático, político ou empresa podem exercer se eles poderiam usar esses métodos? Você acha que pode exercer seu livre arbitro como cidadão honesto? Cada vez que penso nisso, as imagens de Hitler, Lênin, Stalin, Mão Tse Tung, Jim Jones, David Koresh e outros loucos que seduziram sues seguidores a cometer grandes atrocidades, surgem na mente.

Será que você esta seguindo um louco carismático? Um líder populista? Será que você esta sendo manipulado também?

Você tem um amigo, vizinho ou parente que foi “sugado” a participar nesses organizações e não sabe como convencê-lo a acordar deste pesadelo?

Conheça alguém que esta totalmente enlouquecido?

Você é a única pessoa no mundo inteiro que pode e deve exercer controle total sobre seus pensamentos. Use esta sabedoria de pensamento critico e acorde!!

Este guia vai com certeza abrir seus olhos.

*** Este curso esta incluido GRATIS na compra do kit Persuasão Magica - Torne-se Irresistivelmente Persuasivo
persuasao


10 MANEIRAS DE MANIPULAR A POPULAÇÃO PELA LAVAGEM CEREBRAL

manipulacao-em-massaNoam Chomsky é um linguista, filósofo, cientista cognitivo, comentarista e ativista político norte-americano, reverenciado em âmbito acadêmico como “o pai da linguística moderna“, também é uma das mais renomadas figuras no campo da filosofia analítica.(Fonte):

"Em um estado totalitário não se importa com o que as pessoas pensam, desde que o governo possa controlá-lo pela força usando cassetetes. Mas quando você não pode controlar as pessoas pela força, você tem que controlar o que as pessoas pensam, e a maneira típica de fazer isso é através da propaganda (fabricação de consentimento, criação de ilusões necessárias), marginalizando o público em geral ou reduzindo-a a alguma forma de apatia "
(Chomsky, N., 1993)

Inspirado nas idéias de Noam Chomsky, o francês Sylvain Timsit elaborou a lista das “10 estratégias mais comuns de manipulação em massa através dos meios de comunicação de massa

Sylvain Timsit elenca estratégias utilizadas diariamente há dezenas de anos para manobrar massas, criar um senso comum e conseguir fazer a população agir conforme interesses de uma pequena elite mundial.

Qualquer semelhança com a situação atual do Brasil não é mera coincidência, os grandes meios de comunicação sempre estiveram alinhados com essas elites e praticam incansavelmente várias dessas estratégias para manipular diariamente as massas, até chegar um momento que você realmente crê que o pensamento é seu.

1. A estratégia da Distração

O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração, que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio, ou inundação de contínuas distrações e de informações insignificantes.

A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir o público de interessar-se por conhecimentos essenciais, nas áreas da ciência, economia, psicologia, neurobiologia e cibernética.

Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais

2. Criar problemas e depois oferecer soluções

Este método também é chamado “problema-reação-solução“. Se cria um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público, a fim de que este seja o mandante das medidas que se deseja aceitar.

Por exemplo: Deixar que se desenvolva ou que se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público seja o mandante de leis de segurança e políticas desfavoráveis à liberdade.

Ou também: Criar uma crise econômica para fazer aceitar como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos. (qualquer semelhança com a atual situação do Brasil não é mera coincidência)

3. A estratégia da gradualidade

Para fazer que se aceite uma medida inaceitável, basta aplicá-la gradualmente, a conta-gotas, por anos consecutivos. Foi dessa maneira que condições socioeconômicas radicalmente novas, neoliberalismo por exemplo, foram impostas durante as décadas de 1980 e 1990. Estratégia também utilizada por Hitler e por várioslíderes comunistas.  E comumente utilizada pelas grandes meios de comunicação.

4. A estratégia de diferir

Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como “dolorosa e necessária“, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura.

É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente.

Depois, porque o público, a massa, tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que “amanhã tudo irá melhorar” e que o sacrifício exigido poderá ser evitado. Isto dá mais tempo ao público para acostumar-se à ideia da mudança e aceitá-la com resignação quando chegue o momento.

5. Dirigir-se ao público como crianças

A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse uma criança de pouca idade ou um deficiente mental.manipulacao-em-massa1

Quanto mais se tenta enganar ao espectador, mais se tende a adotar um tom infantilizante. Por quê? “Se alguém se dirige a uma pessoa como se ela tivesse a idade de 12 anos ou menos, então, em razão da sugestionabilidade, ela tenderá, com certa probabilidade, a uma resposta ou reação também desprovida de um sentido crítico como as de uma pessoa de 12 anos ou menos de idade.”

6. Utilizar o aspecto emocional muito mais do que a reflexão

Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e finalmente no sentido crítico dos indivíduos.

Por outro lado, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou injetar ideias, desejos, medos e temores, compulsões ou induzir comportamentos.

7. Manter o público na ignorância e na mediocridade

Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão.

“A qualidade da educação dada às classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que paira entre as classes inferiores e as classes sociais superiores seja e permaneça impossível de ser revertida por estas classes mais baixas.

8. Estimular o público a ser complacente com a mediocridade

Promover ao público a crer que é moda o ato de ser estúpido, vulgar e inculto.

9. Reforçar a auto-culpabilidade

Fazer com que o indivíduo acredite que somente ele é culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência de sua inteligência, suas capacidades, ou de seus esforços.

Assim, no lugar de se rebelar contra o sistema econômico, o indivíduo se auto desvaloriza e se culpa, o que gera um estado depressivo, cujo um dos efeitos é a inibição de sua ação. E, sem ação, não há questionamento!

10. Conhecer aos indivíduos melhor do que eles mesmos se conhecem

No transcurso dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência têm gerado uma crescente brecha entre os conhecimentos do público e aqueles possuídos e utilizados pelas elites dominantes.

Graças à biologia, a neurobiologia a psicologia aplicada, o “sistema” tem desfrutado de um conhecimento avançado sobre a psique do ser humano, tanto em sua forma física como psicologicamente.

O sistema tem conseguido conhecer melhor o indivíduo comum do que ele conhece a si mesmo. Isto significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os indivíduos, maior que o dos indivíduos sobre si mesmos.


 

Uma Palestra de  65 minutos
De R$ 49,90
Por Apenas R$ 37,90

*** Este curso esta incluido GRATIS na compra do kit Persuasão Magica - Torne-se Irresistivelmente Persuasivo

Comprar aqui via deposito, boleto ou cartão, através de Pagseguro

Por apenas R$ 29,90 /De R$ 49,90

Lavagem Cerebral - Como as seitas funcionam - O arquivo Secreto -curso online

Compras internacionais ecolhe a opção pagar atraves de Paypal

Por apenas R$ 29,90 /De R$ 49,90

Lavagem Cerebral - Como as seitas funcionam - O arquivo Secreto -curso online

Lavagem Cerebral - O arquivo secreto
Como recrutar, indoutrinar e manipular um grupo de seguidores para sua organização e como funcionam as seitas baseadas numa falsa religião;
Module 1 Lavagem Cerebral usado em seitas
Quem são as seitas e como elas criam uma cultura de culto pessoal do seu lider. A formula da Seita.
Unit 1 As Seitas e como elas funcionam
Unit 2 A formula usadas em todas as seitas religiosas
Unit 3 Como fugir das garras pegajosas de uma seita religiosa

Comentários fechados.